booki

Tecnoalimentar

Revista da Indústria Alimentar

Assinaturas Disponíveis
Tipo de assinatura NºRevistas Periodicidade Preço

Assinatura por 1 ano

Versão Papel
44/ano18,00€
20,00€

Assinatura por 2 anos

Versão Papel
84/ano31,50€
35,00€

Assinatura para fora de Portugal

Versão Papel
44/ano63,00€
70,00€

Último número publicado:

TecnoAlimentar nº 22, 1º trimestre 2020

Na edição n.º 22 da revista TecnoAlimentar dedicamos o dossier principal à Indústria Conserveira portuguesa, focando-se na relação entre a inovação e a tradição no setor. 

O estabelecimento da indústria conserveira em Portugal iniciou-se devido à abundância e qualidade do peixe que existia nas águas portuguesas. Contribuiu ainda a extensão da linha de costas e o apreciar da arte da pesca, que existia na população nacional.
Durante a Segunda Guerra Mundial, existiam 152 fábricas de conservas em Portugal, que em conjunto produziam cerca de 34 000 toneladas. Nos anos 50, a concorrência reduziu drasticamente para as 21 conserveiras atuais. Tal explica-se porque a indústria conserveira sempre dependeu em maior escala da exportação, que apresentou um decréscimo quando terminou o conflito mundial e outros métodos e outros produtos passaram a ser comercializados.
A juntar a isto veio a perda da qualidade do produto, pois a quantidade foi o principal foco durante vários anos. Após este período, as fábricas nacionais enfrentaram uma necessidade de se reinventar. 
Nas páginas deste dossier poderá encontrar uma caracterização da evolução da indústria conserveira nacional e também algumas respostas à eterna questão da tradição versus inovação.
O dossier conta com uma reflexão sobre a indústria conserveira portuguesa; uma entrevista ao Dr. João Paulo Teófilo, diretor da Conserveira Pinhais; uma reportagem sobre a evolução das conserveiras nacionais; um artigo sobre a Salmar, conserva vencedora do prémio Ecotrophelia 2019; e um artigo sobre a solução digital Epack Hygiene.

Nesta edição conte ainda com os seguintes artigos:
- Tecnologia de produção do queijo Serpa DOP: tradição, inovação e fatores limitantes – Parte I
- Azeitona de mesa, da tradição à inovação de produtos
- Avaliação das propriedades químicas e microbiológicas de três formulações de compota de kiwi
- Lubrificação automática na indústria alimentar
- Tendências para a Alimentação do Futuro
- Carne de aves e ovos – diferenças entre o modo de produção biológico e o modo de produção convencional
- Christeyns debate Listeria na Indústria Alimentar
- Controlo oficial do queijo
 

Último número publicado:

TecnoAlimentar nº 22, 1º trimestre 2020

Dossier: Indústria Conserveira portuguesa.

EDITORIAL

PROCESSAMENTO
Tecnologia de produção do queijo Serpa DOP: tradição, inovação e fatores limitantes – Parte I
Azeitona de mesa, da tradição à inovação de produtos
Avaliação das propriedades químicas e microbiológicas de três formulações de compota de kiwi

DOSSIER CONSERVAS
Uma reflexão sobre a indústria conserveira portuguesa
A evolução das conserveiras nacionais Aliança entre a inovação e a tradição
Salmar: sustentabilidade e inovação com um sabor português
Entrevista com João Paulo Teófilo, Diretor da Conserveira Pinhais & CIA
Rastreabilidade: Epack Hygiene Solução digital HACCP

EMPRESAS E MERCADOS
Lubrificação automática na indústria alimentar
 

QUALIDADE E SEGURANÇA ALIMENTAR
Tendências para a Alimentação do Futuro
Carne de aves e ovos – diferenças entre o modo de produção biológico e o modo de produção convencional
Christeyns debate Listeria na Indústria Alimentar
Controlo oficial do queijo

ESTANTE

Últimas edições individuais da revista

Edições em Papel

Nº 22

Nº 20

Nº 19

Nº 18

Nº 17

Nº 16

Nº 15

Nº 14

Nº 13

Nº 12

Nº 10

Nº 9

Nº 6

Nº 5

Nº 4

Nº 3

Nº 2

Edições Digitais

Quem viu este produto também viu os seguintes

6,30 €7,00 €

5,40 €6,00 €

5,40 €6,00 €

5,40 €6,00 €

5,40 €6,00 €

5,40 €6,00 €