booki

 

A Acústica na Reabilitação de Edifícios - 4ª edição revista e aumentada

ISBN: 9789897232756

Autor: Jorge Patrício

Editora: PUBLINDUSTRIA

Número de Páginas: 182

Idioma: Português

Data Edição: 2018

22,50 €25,00 €
Poupa: 2,50 €

Um livro prático sobre os princípios gerais associados à reabilitação acústica de edifícios antigos e respetivos espaços envolventes, numa edição revista e aumentada de uma obra de referência na área.
O autor aborda as questões fundamentais que um projetista ou um planificador deve ter presentes na avaliação de um edifício antigo bem como na seleção e implementação das ações de recuperação e beneficiação.
Para além dos requisitos legais aplicáveis, o autor aponta linhas gerais orientadoras para uma melhor abordagem e análise dos problemas existentes, nos vários domínios que os requisitos acústicos contemplam e ilustram-se, com pormenores
construtivos, possíveis soluções corretivas a aplicar.


PREFÁCIO
PREÂMBULO
CAPÍTULO 1
Introdução
CAPÍTULO 2
Situação do Parque Edificado Nacional
CAPÍTULO 3
Acústica de Edifícios: Parâmetros Relevantes
CAPÍTULO 4
Requisitos Acústicos dos Edifícios
CAPÍTULO 5
Reabilitação Acústica: Princípios Gerais
CAPÍTULO 6
Linhas Orientativas para reabilitação acústica
6.1 Considerações Gerais
6.2 Isolamento a Sons Aéreos das Fachadas
6.3 Isolamento a Sons Aéreos e de Percussão com Origem noutros Fogos e/ou Atividades Comerciais Contíguas
6.4 Outras Considerações Relevantes
6.4.1 Ruído de Equipamentos
6.4.2 Condições de Reverberação
CAPÍTULO 7
Ambiente Exterior
7.1 Introdução
7.2 Propagação em Zonas Urbanas
CAPÍTULO 8
Aspetos Complementares
CAPÍTULO 9
Legislação Aplicável Comentada
9.1 Artigos Relevantes do Regulamento Geral do Ruído
9.2 Regulamento dos Requisitos Acústicos dos Edifícios
9.3 Comentário interpretativo ao Decreto-Lei n.º 53/2014, de 8 de abril
CAPÍTULO 10
Soluções construtivas de reabilitação e detalhes relevantes no desempenho acústico
10.1 Soluções construtivas
10.1.1 Solução de reabilitação de sistema de compartimentação horizontal aligeirado entre fogos
10.1.2 Solução de reabilitação de sistema de compartimentação horizontal aligeirado entre fogos, através de aplicação de teto falso
10.1.3 Solução de reabilitação de sistema de compartimentação horizontal com laje não encastrada na parede
10.1.4 Solução de reabilitação acústica de sistema de compartimentação horizontal aligeirado entre fogos, através de aplicação de teto falso
10.1.5 Solução de reabilitação de sistema de compartimentação vertical de blocos maciços
10.1.6 Solução de reabilitação acústica de sistema de compartimentação vertical (parede) com pano interior contínuo entre fogos
10.1.7 Solução de reabilitação acústica de sistema de compartimentação vertical (parede dupla) de blocos maciços
10.1.8 Solução de reabilitação acústica de sistema de compartimentação vertical de blocos maciços, com fragilidade nas juntas ente o pano de bloco maciço e os pilares
10.1.9 Solução de reabilitação acústica de sistema de compartimentação horizontal entre fogos, de laje maciça de betão armado e revestimento de madeira
10.1.10 Solução de reabilitação acústica de sistema de compartimentação horizontal entre fogos, com laje maciça de betão armado e revestimento de pavimento em ladrilhos vinílicos
10.1.11 Lajeta flutuante com continuidade entre salas adjacentes do mesmo piso
10.1.12 Solução corretiva de quebra de isolamento em armário embutido pela presença de roço de grande dimensão parcialmente aberto
10.1.13 Solução construtiva de compartimentação vertical – parede dupla interior
10.1.14 Solução de reabilitação para divisória de compartimentação vertical entre fogos, ou exterior, constituída por dois panos de alvenaria de tijolo
10.1.15 Solução de reabilitação de compartimentação vertical entre fogos ou exterior em alvenaria de tijolo
10.1.16 Solução de reabilitação de divisória de compartimentação vertical exterior em tabique
10.1.17 Solução de reabilitação de divisória de compartimentação vertical interior em tabique
10.1.18 Solução de reabilitação de divisória de compartimentação vertical interior em tabique
10.1.19 Solução de reabilitação de divisória de compartimentação vertical interior em tabique
10.1.20 Solução de reabilitação de compartimentação horizontal constituído por laje maciça de betão armado
10.1.21 Solução de reabilitação de compartimentação horizontal, sendo este o teto adjacente à cobertura
10.1.22 Solução construtiva para pavimentos intermédios entre zonas de comércio e edifícios de habitação10.2 Pormenores Construtivos
10.2.1 Solução de construção de compartimentação vertical – parede interior simples
10.2.2 Solução de construção de compartimentação vertical – parede interior dupla
10.2.3 Solução de reabilitação de compartimentação vertical – parede em alvenaria de tijolo
10.2.4 Solução de reabilitação de compartimentação vertical – parede em alvenaria de tijolo
10.2.5 Revestimento interior de parede
10.2.6 Revestimento interior de parede
10.2.7 Solução construtiva a aplicar em zonas de junção do pavimento entre salas adjacentes do mesmo piso – pavimentos independentes, solução com placas de gesso cartonado
10.2.8 Solução construtiva a aplicar em zonas de junção do pavimento entre salas adjacentes do mesmo piso – pavimentos independentes, solução mista
10.2.9 Solução construtiva a aplicar em zonas de junção do pavimento entre salas adjacentes do mesmo piso – solução sobre camada de compressão, com placas de gesso cartonado
10.2.10 Solução construtiva a aplicar em zonas de junção do pavimento entre salas adjacentes do mesmo piso – solução mista sobre camada de compressão
10.2.11 Solução construtiva a aplicar em zonas de junção do pavimento entre salas adjacentes do mesmo piso – solução mista sobre pavimento flutuante
10.2.12 Solução construtiva a aplicar em zonas de encontro de divisórias entre salas adjacentes do mesmo piso – solução com placas de gesso cartonado
10.2.13 Solução construtiva a aplicar em zonas de encontro de divisórias entre salas adjacentes do mesmo piso – solução mista
10.2.14 Solução construtiva a aplicar na existência de zonas com vigas, pilares ou roços para instalações
10.2.15 Solução construtiva a aplicar na existência de zonas com vigas
10.2.16 Variante de solução em pilar ou parede
10.2.17 Instalações horizontais – canalizações
10.2.18 Elementos de separação
10.2.19 Colmatar roços
10.2.20 Enchimento da camada de lã mineral
10.2.21 Elementos pré-fabricados
10.2.22 Utilização de bandas elásticas
10.2.23 Encontro de elementos de separação vertical e horizontal
10.2.24 Interseção entre elementos verticais e divisórias interiores – parede simples de placas de gesso cartonado
10.2.25 Tetos falsos entre salas adjacentes do mesmo piso
10.3 Soluções construtivas de paredes tradicionais Portuguesas
10.3.1 Soluções construtivas heterógeneas
10.3.1.1 Parede de taipa
10.3.1.2 Parede de adobe
10.3.2 Soluções construtivas homogéneas
10.3.2.1 Parede de alvenaria de pedra
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Engenheiro, Licenciado, Doutorado e Agregado em Engenharia Civil pelo IST – Instituto Superior Técnico, sendo atualmente investigador do LNEC – Laboratório Nacional de Engenharia Civil.
Exerceu atividade docente na Faculdade de Engenharia da Universidade Católica Portuguesa, onde foi Professor Associado. Tem participado em numerosas conferências e encontros científicos, nacionais e internacionais, e tem ministrado,
e organizado, múltiplas ações de formação avançada em Acústica.
Faz ainda parte do corpo de oradores convidados em cursos de mestrado e de programas doutorais de várias universidades nacionais. É Presidente da Sociedade Portuguesa de Acústica e Presidente da EAA (European
Acoustics Association), e membro da Comissão de Especialização em Engenharia Acústica da Ordem dos Engenheiros.

Quem viu este produto também viu os seguintes

22,50 €25,00 €