booki

Tecnologia da Soldadura - Uma abordagem técnico-didática - 3.ª Edição

ISBN: 9789899101289

Autor: Francisco José Gomes da Silva

Editora: ENGEBOOK

Número de Páginas: 440

Idioma: Português

Data Edição: 2023

41,40 €46,00 €
Poupa: 4,60 € | desconto de 10%

Promoção válida das 00:00 do dia 01-jan-2023 às 23:59 do dia 31-dez-2023.

Também disponível em Ebook!

A eventual indisponibilidade de stock será comunicada em 24/48h

O presente livro pretende ser um guia didático sobre os principais processos de soldadura, focando aspetos tais como a nomenclatura e simbologia, processo de soldadura por Elétrodo Revestido, MIG-MAG, Fio Fluxado, TIG, Plasma, Arco Submerso, Soldadura Laser, por Feixe de Eletrões, por Fricção, por Explosão, Resistência, Oxiacetilénica e Brasagem. Para além disso, é realizada uma resenha dos principais defeitos que podem ser gerados por estes processos, assim como uma breve referência às técnicas de análise que podem ser utilizadas no controlo dos cordões de soldadura e na sua caracterização.
É uma obra essencialmente vocacionada para pessoas que necessitem adquirir conhecimentos técnicos na área da soldadura, de uma forma rápida e concisa, tais como alunos do ensino superior, alunos de cursos profissionais, técnicos industriais em início de carreira, ou que tenham mudado de área e necessitem dedicar-se pela primeira vez aos processos de soldadura, técnicos operacionais com curiosidade sobre a forma como devem utilizar cada processo e quais as suas possibilidades de aplicação, ou simplesmente curiosos pelo processo, que queiram dar os primeiros passos como autodidatas nesta matéria.

NOTA DA 3ª EDIÇÃO
LISTA DE SÍMBOLOS E DE ABREVIATURAS

1. INTRODUÇÃO À SOLDADURA
1.1. Introdução aos processos de ligação
1.2. A soldadura
1.3. Classificação dos processos de soldadura
1.4. Nomenclatura usada na soldadura
QUESTÕES

2. PREPARAÇÃO E CODIFICAÇÃO DE JUNTAS SOLDADAS
2.1. Preparação de juntas soldadas
2.2. Simbologia de soldadura
2.3. Sistemas de apoio à soldadura
QUESTÕES

3. SOLDADURA POR ARCO ELÉTRICO
3.1. Física do arco elétrico
3.2. Fatores externos que afetam a qualidade do arco
3.3. Particulares de cada processo relativamente ao arco
3.4. Máquinas para soldadura por arco
QUESTÕES

4. SOLDADURA POR ELÉTRODO REVESTIDO
4.1. Características do processo
4.2. Os elétrodos revestidos
4.3. Funções do revestimento do elétrodo
4.4. O fenómeno de sopro magnético com elétrodo revestido
4.5. Breves considerações sobre a técnica operatória
4.6. Aplicações
QUESTÕES

5. SOLDADURA SEMIAUTOMÁTICA (MIG-MAG)
5.1. Princípios do processo
5.2. Equipamento característico e operação no processo MIG-MAG
5.3. Gases e misturas gasosas de proteção na soldadura pelo processo MIG-MAG
5.4. Modos de transferência do metal de adição no processo MIG-MAG
5.5. Parâmetros do processo
5.6. Codificação dos fios sólidos para a soldadura MIG-MAG
5.7. Aplicações
QUESTÕES

6. SOLDADURA COM FIO FLUXADO
6.1. Princípios do processo
6.2. Equipamento próprio do sistema de soldadura com fios fluxados
6.3. Parâmetros do processo
6.4. Modos de transferência no processo de soldadura com fio fluxado
6.5. Os fios fluxados
6.6. Classificação dos fios fluxados
6.7. Vantagens do uso de fios fluxados
6.8. Desvantagens do uso da soldadura com fios fluxados
6.9. Aplicações do processo de soldadura com fio fluxado
QUESTÕES

7. SOLDADURA TIG
7.1. Princípio do processo
7.2. Equipamento necessário à soldadura pelo processo TIG
7.3. Os elétrodos de Tungsténio
7.4. Material de adição no processo TIG
7.5. Gases de proteção no processo TIG
7.6. Parâmetros de soldadura
7.7. Tensão no arco
7.8. Técnica operatória
7.9. Vantagens e limitações do processo
7.10. Soldadura TIG através do método keyhole
7.11. Soldadura por pontos através do processo TIG
7.12. Aplicações do processo TIG
QUESTÕES

8. SOLDADURA POR PLASMA
8.1. Princípio do processo de soldadura por plasma
8.2. Especificidades e parâmetros envolvidos no processo de soldadura por plasma
8.3. Equipamento
8.4. Modo de operação
8.5. Elétrodos para a soldadura por plasma
8.6. Vantagens do processo de soldadura por plasma
8.7. Aplicações da soldadura por plasma
QUESTÕES

9. SOLDADURA POR ARCO SUBMERSO
9.1. Princípio do processo de soldadura por arco submerso
9.2. Equipamento necessário ao processo
9.3. Parâmetros do processo
9.4. Tipo e quantidade de fluxo granulado
9.5. Posição da tocha
9.6. Vantagens e limitações do processo de soldadura por arco submerso
9.7. Aplicações
QUESTÕES

10. SOLDADURA POR RESISTÊNCIA
10.1. Princípio do processo
10.2. Técnica operatória
10.3. Equipamento necessário à soldadura por resistência
10.4. Parâmetros de soldadura
10.5. Soldabilidade de diferentes materiais pelo processo de soldadura por resistência
10.6. Juntas especiais na soldadura por resistência
10.7. Estudo da qualidade das soldaduras efetuadas por resistência
10.8. Problemas resultantes do processo de soldadura por resistência
10.9. Testes efetuados a juntas soldadas por resistência/pontos
10.10. Aplicações
QUESTÕES

11. SOLDADURA POR FRICÇÃO
11.1. Princípio do processo de soldadura por fricção convencional
11.1.1. Parâmetros envolvidos na soldadura por fricção
11.2. Princípio do processo de soldadura por fricção linear (friction stir welding)
QUESTÕES12. SOLDADURA POR EXPLOSÃO
12.1. Princípio do processo de soldadura por explosão
12.2. Parâmetros relacionados com a soldadura por explosão
12.3. Vantagens e limitações da soldadura por explosão
12.4. Aplicações da soldadura por explosão
QUESTÕES

13. SOLDADURA POR LASER
13.1. Princípio de geração do feixe laser
13.2. Tipos de laser usados em soldadura
13.3. Características do processo de soldadura laser
13.4. Parâmetros principais de operação na soldadura laser
13.5. Vantagens e limitações da soldadura laser
13.6. Aplicações
QUESTÕES

14. SOLDADURA POR FEIXE DE ELETRÕES
14.1. Princípio do processo
14.2. Variantes do processo de soldadura por feixe de eletrões
14.3. Equipamento de soldadura por feixe de eletrões
14.4. Vantagens e limitações do processo de soldadura por feixe de eletrões
14.5. Áreas de aplicação da soldadura por feixe de eletrões
QUESTÕES

15. SOLDADURA OXIACETILÉNICA
15.1. Soldadura tendo o gás como fonte de calor
15.2. Soldadura oxiacetilénica
QUESTÕES

16. BRASAGEM
16.1. Princípio do processo
16.2. Formas de aquecimento
16.3. Materiais de adição
16.4. Processo operatório
16.5. Soldobrasagem
16.6. Aplicações
QUESTÕES

17. DEFEITOS DE SOLDADURA
17.1. Breve resumo sobre as causas dos defeitos
17.2. Enquadramento normativo
17.3. Classificação principal dos defeitos
QUESTÕES

18. CONTROLO DE DEFEITOS EM SOLDADURA
18.1. Controlo de juntas através de ensaios destrutivos
18.2. Controlo de juntas através de ensaios não destrutivos
QUESTÕES

ANEXO A – EXEMPLOS COMPLEMENTARES DE SIMBOLOGIA UTILIZADA
EM SOLDADURA
ANEXO B – CASOS DE ESTUDO SOBRE GABARITOS DE SOLDADURA
ANEXO C – DIAGRAMA DE POSIÇÕES DE SOLDADURA
ANEXO D – QUESTÕES

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
ÍNDICE DE FIGURAS
ÍNDICE DE TABELAS

Francisco J. G. Silva
Concluiu em 2002 o Doutoramento em Engenharia Mecânica na FEUP e em 1997 o Mestrado em Engenharia Mecânica – Materiais e Processos de Fabrico na mesma faculdade. Em 1992 licenciou-se em Engenharia Mecânica no ISEP e, em 1988 finalizou o Bacharelato de 4 anos em Engenharia Mecânica no mesmo Instituto Superior. Concluiu ainda com êxito uma Especialização em Materiais e Processos de Fabrico (INEGI/FEUP) em 1990. Atualmente, é Professor Adjunto no Departamento de Engenharia Mecânica do Instituto Superior de Engenharia do Instituto Politécnico do Porto (ISEP), onde exerce a sua atividade profissional desde dezembro de 1995. É diretor do Mestrado em Engenharia Mecânica do ISEP desde novembro de 2014, Diretor da Pós-Graduação em Maquinagem Avançada também no ISEP (edições de 2015 e 2016), Subdiretor do Departamento em Engenharia Mecânica (2014-2016), Responsável do Grupo de Docentes de Materiais e Processos de Fabrico no Departamento de Engenharia Mecânica do ISEP (2014-2016). Foi Diretor das Oficinas Mecânicas do ISEP durante 7 anos, e Diretor do Laboratório de Ensaios Mecânicos do ISEP durante 2 anos. Entre 2002 e 2006, esteve alocado à ESEIG – Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão, do Instituto Politécnico do Porto, tendo sido o Coordenador da Licenciatura em Engenharia Mecânica nesse período e responsável por vários laboratórios (Caracterização de Materiais, Metrologia, Oficinas Mecânicas e Oficina Automóvel), assim como membro do Conselho Científico e Conselho Pedagógico. Foi ainda membro do Conselho Geral do IPP. Atualmente desenvolve atividade de investigação, através de trabalhos de caracterização de materiais para multinacionais instaladas em Portugal, através do CIDEM-ISEP, orientando e coorientando alunos de mestrado e doutoramento, no ISEP e na FEUP, quase sempre no âmbito de protocolos celebrados com a indústria, para o desenvolvimento de novos sistemas produtivos, novos dispositivos mecânicos, desenvolvimento de processos de fabrico, melhoria de processos, caracterização de materiais, desenvolvimento de produtos ou outros.
É Co-Editor-in-Chief de duas revistas internacionais, revisor de várias revistas internacionais conceituadas e autor e coautor de várias dezenas de artigos científicos em revistas de elevado fator de impacto, na área da Engenharia Mecânica.
Na indústria, foi Diretor do Planeamento da Produção na SUNVIAUTO, S.A. e Diretor do Planeamento e Controlo da Produção na FELINO, S.A. Para alem disso, foi ainda fundador e proprietário de uma empresa ligada ao fabrico de componentes elétricos durante 18 anos.

Quem viu este produto também viu os seguintes

28,53 €31,70 €

27,72 €30,80 €

23,57 €26,19 €

25,74 €28,60 €

15,43 €17,14 €

9,52 €10,58 €

Marcas

  • Engebook
  • AgroBook
  • MedicaBook
  • GestBook
  • SportBook
  • ArtBook
  • JuriBook

Newsletter

inscrição newsletter

Subscreva a Newsletter Booki e receba todas as nossas novidades e promoções no seu email.

Subscrever

Facebook Linkedin Instagram

Modos de Pagamento

Opções de Envio Vasp Expresso

©Quântica Editora, Lda - Todos os direitos reservados

Compre online, escolha sites nacionais.

Compre online, escolha sites nacionais.